Na luta pelo rebaixamento, Sul América vence Fast pelo returno do Amazonense

160

Com gol de Kelve, o Sul América conquistou sua primeira vitória no segundo turno do Campeonato Amazonense da Série A. O Trem da Colina venceu o Fast Clube, pela quarta rodada, na tarde deste sábado, 23/3, no estádio Carlos Zamith. Com resultado, a equipe saiu da última colocação, agora somando os três primeiros pontos. Foi a segunda vitória do Sulão no campeonato, em 11 jogos disputados até agora.

Na próxima rodada, o Sul América tem um confronto decisivo e com um concorrente direto pela permanência na elite do futebol amazonense. O Sulão encara o Iranduba, na quarta-feira, 27/3, às 20h, no estádio da Colina. Sem ainda ter vencido e nas últimas colocações da tabela, o Tricolor de Aço tem pela frente o Nacional, no tradicional clássico Pai-Filho, na quinta-feira, 28/3, às 20h, na Colina.

Mesmo com a primeira vitória no returno, o técnico do Sul América, Fernando Lage, lembrou que o time peca pela falta de experiência, mas principalmente pela variação que ocorre quando consegue a vitória e ao mesmo tempo perde por vacilo do grupo em campo.

Lage lamentou a variação do time em campo durante os jogos (crédito: Paulo Rogério)

– Todos em nossos jogos temos sofrido gols depois dos 40 minutos, seja na vitória ou derrota, tem sido isso nos últimos dez minutos. O problema não é a zaga, mas lá em cima que não conseguem segurar a bola, por sermos uma equipe jovem, estamos trabalhando todos os dias, mesmo os jogadores mais jovens e os mais velho. Apesar disso, estou satisfeito com os jogadores, com minha comissão técnica e temos sempre procurado animar a todos e conversado com cada um pessoalmente.

Com dois gols no campeonato, Kelve foi responsável pelo resultado positivo do Sul América. Para ele, foi bom ter marcado, mas disse que o time precisava do resultado para fugir da zona de rebaixamento.

– Sobre o gol, o Marinho tocou para mim e tive a felicidade de marcar. Posso dizer que vale “seis pontos”, mas agora vamos trabalhar para jogo de quarta-feira, porque será outra batalha e vale de novo seis pontos. No último jogo contra o Princesa, passamos os noventa minutos atacando e no último minuto acabamos sofrendo o gol – lembrou.

Finalista do estadual, com vaga garantida na Copa do Brasil e Brasileiro da Série D de 2020, mas sem ainda vencer no returno, o treinador do Fast Clube, lamenta a falta de memória dos torcedores, que pediam sua saída e chamavam de “burro”.

Treinador do Fast disse que a torcida esquece rápido as conquistas e criticam à toa (crédito: Paulo Rogério)

– Em 15 dias o torcedor muda de postura e esquece o título do primeiro turno, mas se estivesse vencendo todos estavam batendo palma, elogiando, podia estar com 10 zagueiros e apenas o goleiro, estavam elogiando. A questão não é somente as vitórias acontecerem e quando voltarem a acontecer e vão, o torcedor vai bater palma novamente, é preciso ter calma e saber trabalhar e fazer, o que precisa ser feito dentro de campo, que nós vamos chegar.

Jogo

Com campanhas opostas, Fast e Sul América tiveram uma atuação praticamente iguais, pelos menos no início da partida, mas faltou criatividade e sobrou morosidade na construção das jogadas dentro de campo. Sem conseguir romper o setor defensivo de um lado e do outro, o primeiro lance que sobressaiu a isso, foi aos 19 minutos. Dinamite cobra falta pela meia direita e a bola sobra para Ronan marcar, mas o assistente Kennedy Ramos Lucas marca impedimento no lance do Fast. 

Aos 28 minutos, Willian Sarôa cobra falta pela direita pelo Fast, e o goleiro Darlan toca no canto esquerdo e coloca pela linha lateral. Aos 40 minutos, jogada pela esquerda com Dunga, que toca para Marinho e passa para entrada de Kelve chutar de canhota, 1 a 0.

Depois do gol marcado, o Sulão se animou e foi ao ataque. Aos 44 minutos, Herrisson dentro da grande área chuta no ângulo esquerdo e perde e chance de ampliar para o Sulão.

Foi um jogo muito disputado e acirrado, mas no segundo tempo (crédito: Paulo Rogério)

Mal começou o segundo tempo, e o Fast voltou disposto a mudar o placar. Com menos de um minuto, Willian Sarôa cobra pela meia direita e a bola passa no canto direito do goleiro do Sulão com perigo. 

Por pouco o Tricolor de Aço não marca o segundo gol. Aos cinco minutos, Willian Sarôa bate uma falta e Eick de cabeça perde o gol na pequena área. Aos 18 minutos, jogada do Fast com Ronan, que toca para Willian Sarôa chutar no canto esquerdo com perigo. Aos 28 minutos, o árbitro Freddy Lopez Fernandez, se atrapalha todo e sem firmeza na parte disciplinar, aplica cartão amarelo para Magno, quando na verdade a advertência seria para Dassayeev, que entrou de carinho frontal no adversário.

Depois disso, o Fast quase chegou ao empate, aos 40 minutos. Willian Sarôa cobra tiro de canto pela direita e a bola sobra para Diogo de frente para o gol, mas ele chutou para fora. O Fast até que tentou, mas não conseguiu o empate, pois jogava de forma atabalhoada e usando o coração como esquema tático. 

Aos 51 minutos, o Tricolor de Aço teve a chance de empatar. Depois de um passe próximo a grande área, Ronan avança em direção ao gol, mas na hora do chute teve a presença de um zagueiro que conseguiu pressionar e evitou o empate.

Ficha técnica:

Jogo: Fast Clube 0x1 Sul América 

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A / 2º turno / 4ª rodada

Local: Estádio Carlos Zamith 

Horário: 15h

Renda: R$ 160,00 

Público pagante: 14 / Público presente: 42

Árbitro: Freddy Rafael Lopez Fernnadez 

Árbitros assistentes: Dimmi Yuri Cardoso e Kennedy Ramos Lucas

Gols: Kelve 40min 2ºt (Sul América)

Advertências:

Fast Clube: Roger Kath, Batata, Diogo, Carlinhos Rocha (Erick), Joel Clara, Igor (Robinho), Dinamite, Juninho, Willian Sarôa, Ronan e Luciano (Leozinho). Técnico: Wladimir de Jesus.

Sul América: Darlan, Salgado, Mizael, Rondinelli, Dunga, Ramon, Rogério Pedra, Renan, Magno (Rennardy), Marinho e Herisson (Derik). Técnico: Fernando Lage.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.