SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Palmeiras atropela Água Santa e conquista o Campeonato Paulista pelo segundo ano consecutivo

Da redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Guilherme Goya – São Paulo, SP – 09/04/23 | 17:56 – 09/04/23 | 18:56

Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Palmeiras é campeão paulista pela 25ª vez. Na tarde deste domingo, o Verdão reverteu o placar do jogo de ida e venceu o Água Santa por 3 a 0 para ficar com o título estadual pelo segundo ano consecutivo. Com recorde de público no Allianz Parque, a equipe de Abel Ferreira contou com os gols de Gabriel Menino, Endrick e José López para garantir o triunfo.

Depois de perderem por 2 a 1 no jogo de ida, disputado na Arena Barueri na semana passada, os palmeirenses se recuperaram de forma incontestável. Com três gols anotados ainda na etapa inicial, o Verdão controlou o jogo do início ao fim e garantiu o título com uma campanha de 11 vitórias, dois empates e apenas uma derrota em 14 partidas.

Com a 25ª conquista do Paulistão, o Palmeiras diminuiu para cinco a distância para o Corinthians, que é o maior campeão estadual, com 30 títulos do torneio. O Verdão é o segundo na lista, seguido por Santos e São Paulo, que estão empatados com 22.

A equipe de Abel Ferreira tem poucos dias para festejar o título, já que volta a campo já nesta quarta-feira. Às 20 horas (de Brasília), o Palmeiras encara o Tombense no Allianz Parque, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

 

O jogo

O Palmeiras começou o jogo em ritmo forte e teve a primeira boa chance aos três minutos, quando Dudu cruzou na medida para Murilo, que cabeceou por cima do gol. Pouco depois, em nova jogada pelos lados aos 7, o zagueiro palmeirense recebeu nova chance dentro da área após passe de Rony, e dessa vez finalizou para a defesa de Ygor Vinhas.

Com a vantagem do jogo de ida, o Água Santa também tratou de aparecer no ataque e respondeu aos dez minutos, quando Gabriel Inocêncio recebeu na entrada da área e arriscou bom chute, obrigando Weverton a espalmar para escanteio.

Apesar do susto, o Palmeiras seguiu dominante na partida e não demorou para abrir o placar. Aos 15 minutos, Gabriel Menino cobrou a falta na barreira, mas esteve atento no rebote e acertou um belo arremate para mandar no cantinho de Ygor Vinhas e colocar o Verdão em vantagem no Allianz Parque.

Com o placar agregado igualado, o Palmeiras seguiu em cima para fazer valer a superioridade técnica. E assim, o Verdão chegou ao segundo gol aos 26 minutos. Depois de linda jogada pelo lado direito, Dudu cruzou na segunda trave, e Gabriel Menino apareceu nas costas da zaga para completar de cabeça e balançar a rede novamente.

Embalado com a festa da torcida, o Palmeiras tratou de encaminhar o título e anotar o terceiro gol logo aos 33 minutos, com outra Cria da Academia. Desta vez, Gabriel Menino acionou Rony, que chutou rasteiro para a defesa de Ygor Vinhas. No rebote, Endrick apareceu livre dentro da área e só empurrou para a rede.

O jogo estava controlado pelo lado do Verdão, mas o clima esquentou em uma dividida entre Dudu e Didi. O camisa 7 levou amarelo pela falta cometida, mas uma confusão se instaurou. No meio do bolo, Luan Dias também acabou advertido por um empurrão em Raphael Veiga. Depois disso, os ânimos se acalmaram, e as oportunidades diminuíram. Assim, as equipes desceram para o vestiário com o 3 a 0 no placar.

Segundo tempo

Depois de uma primeira etapa intensa, o segundo tempo começou em ritmo mais calmo depois do intervalo. As equipes travaram disputas no meio de campo, mas foram poucas oportunidades nos minutos iniciais. Aos poucos, porém, quem cresceu no jogo foi o Água Santa, que circulou a área palmeirense tentando descontar o placar. Por pouco, aos 13, Junior Todinho não alcançou a bola após cruzamento pelo lado esquerdo e levou perigo.

Rapidamente, porém, o Palmeiras fez ajustes e igualou as disputas para evitar novos sustos. Com uma vantagem confortável no placar, Abel Ferreira ainda sacou Endrick, Raphael Veiga e Dudu para as entradas de Garcia, Fabinho e López. E a entrada do atacante argentino no jogo fez bem ao Verdão, que transformou a vitória em goleada.

Aos 27, López aproveitou a falha adversária, conduziu sozinho e tabelou com Rony dentro da área antes de tirar da marcação e finalizar cruzado, de canhota, para ampliar o marcador. Com o 4 a 0 no placar, tudo ficou favorável para o Palmeiras conduzir o jogo de maneira tranquila.

O Água Santa até foi valente, em busca de ao menos um gol de honra, mas o Verdão continuou seguro no sistema defensivo. Com gritos de “olé” e de “é campeão”, o Palmeiras controlou a partida nos minutos finais até garantir o título paulista pelo segundo ano consecutivo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 ÁGUA SANTA

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 09 de abril de 2023, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Mauro André de Freitas
VAR: Marcio Henrique de Gois

Cartões amarelos: Bruno Mezenga, Marcondes, Kadí, Luan Dias, Junior Todinho (Água Santa); Dudu, Murilo, Vanderlan, Zé Rafael (Palmeiras)
Cartões vermelhos: Villian (Água Santa)
Gols: Gabriel Menino, aos 15 e aos 26 do 1ºT, Endrick, aos 33 do 1ºT e López, aos 26 do 2ºT (Palmeiras)

Público: 41.444 torcedores
Renda: R$ 3.583.469,93

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Vanderlan; Zé Rafael, Gabriel Menino (Jhon Jhon) e Raphael Veiga (Fabinho); Dudu (López), Rony (Breno Lopes) e Endrick (Garcia).
Técnico: Abel Ferreira

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Flamengo vence o América-MG, chega à vice-liderança e acirra briga por título do Brasileirão

Paulo Rogério

Mbappé passa Neymar na lista de artilheiros da Champions e cola no top 10; veja ranking

Paulo Rogério

Parintins mantém a regularidade, vence o Princesa por 3 a 0 e é semifinalista do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...