SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Pela Série D, Fast Clube vence Ji-Paraná-RO e segue firme rumo à classificação

Foto: Adilson Nascimento / Fast Clube 

Diante de um adversário que ‘vendeu caro’ o resultado e apresentando um bom futebol, o Fast Clube venceu o Ji-Paraná-RO por 3 a 2, e segue firme visando garantir sua vaga na próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Com o resultado, o Tricolor de Aço, continua na terceira colocação, agora com 19 pontos. O jogo válido pela 10ª rodada no grupo 1, foi realizado na noite deste sábado, no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da capital.

O Fast enfrenta pela 12ª rodada o Independente-PA, no sábado, 7/11, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Navegantão, na cidade de Tucuruí, no interior do Para. Já o Ji-Paraná-RO joga seu segundo jogo fora e pega o Bragantino-PA, no domingo, 8/11, às 14h (15h de Brasília), na cidade de Bragança

Jogo

Mal começou o jogo e o Fast Clube já deixou seu cartão de visita. Aos dois minutos, Daivison recebe na grande área e é derrubado. O arbitro marca pênalti. Um minuto depois, o próprio Daivison bate para abrir o marcador, 1 a 0. Aos oito minutos, nova chance para o Tricolor de Aço. Negueba cruza pela direita e Daivison toca de cabeça, mas o goleiro defende e evita o gol.

Aos 14 minutos, no meio Emerson Bacas lança para Daivison que avança pela direita, domina a bola e na hora de chutar de frente para o goleiro, acabou batendo em cima do goleiro Dida do Ji-Paraná.

Aos 24 minutos, o Ji-Paraná quase marcou o gol de empate. Tiro de canto pela esquerda e Kawan na área toca de cabeça e a bola passa tirando tinta do travessão do Fast.

O Tricolor não marcou, mas o adversário sim. Após uma jogada na entrada da grande área, o time rondoniense empatou, aos 28 minutos. A zaga do Fast não conseguiu tirar a bola e Vitinho aproveitou para empatar, 1 a 1.

O Ji-Paraná começou a gostar do jogo. Aos 33 minutos, Ícaro arrança pelo meio e toca para Maranhão que entrava na área, mas acabou chutando por cima da meta.

Logo no início do segundo tempo, o Fast já assustou o adversário. Aos sete minutos, o Rolo Compressor teve uma boa chance de marcar o segundo gol. Pela direita, Bernardo cruza e Daivison sozinho no segundo pau perdeu o gol de frente para meta.

O Ji-Paraná também chegou com perigo no segundo tempo pela primeira vez. Aos 12 minutos, pela esquerda Maranhão toca para a entrada de Vitinho, que chuta forte, mas cruzado passando em frente ao goleiro Alencar.

O Fast jogava ofensivamente em busca de marcar mais gols. Aos 15 minutos, pela esquerda Ítalo cruza, o goleiro Dida bate roupa e sobra para Ronan de frente para marcar, 2 a 1.

Mas o Ji-Paraná empatou com um golaço. Aos 22 minutos, pela meia esquerda Vitinho passou por dois jogadores e na entrada da área tocou na saída do goleiro Alencar, 2 a 2.

Aos 26 minutos, o Fast foi para o ataque para marcar o terceiro gol. Negueba do lado esquerdo chuta e o goleiro Dida defende e quase larga nos pês de Daivison.

Aos 36 minutos, novamente Ronan foi decisivo e marcou o seu segundo gol. Em jogada individual pela direita, depois do passe de Marco Goiano, Ronan passa pelo zagueiro e chuta a meia altura no canto esquerdo de Dida, 3 a 2.

Ficha técnica:

Jogo: Fast Clube 3×2 Ji-Paraná-RO

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D – 1ª fase / Grupo A-1 / 10ª rodada

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 18h (19h de Brasília)

Público: —

Renda: —

Árbitro: Hugo Soares Dias Figueiredo (PE)

Árbitros Assistentes: Alexsandro Lira de Alexandre (AM) e Hugo Agostinho Chaves da Paixão (AM)

Gol: Daivison 3min 1ºt, Ronan 15min 2ºt e 36min 2º (Fast Clube) e Maranhão 28min 1ºt e Vitinho 22min 2ºt (Ji-Paraná-RO)

Advertências: Ícaro, Querino, Maranhão e Kawan (Ji-Paraná-RO) e Ítalo e Guigui (Fast Clube)

Expulsão: Bruno Monteiro e Charlinho (Ji-Paraná-RO)

Fast Clube: Alencar, Bernardo, Guilherme Moller, Guigui, Ítalo (Germano), Dênis Pedra (Souza), Pelezinho (Caíque), Emerson Bacas (Marco Goiano), Charles, Negueba (Raylson) e Daivison. Técnico: Lecheva.

Ji-Paraná-RO: Diva, Carlinho (Renan Xavier), Kasado, Lídio, Kabrine, Kawan (China), Querino, Fagner, Ícaro (Cristopher), Vitinho e Maranhão. Técnico: Bruno Monteiro.

 

Outras postagens...

“Temos um bom retrospecto em casa”, diz técnico do Moto Club sobre jogo com o Fast, pelo mata-mata da Série D

Paulo Rogério

Nacional dispara na liderança, mas empata com uma atuação apática com Águia de Marabá-PA na Série D

Paulo Rogério

3B mantém a invencibilidade, vence o Fortaleza e garante vaga na próxima fase do BR feminino A2

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...