SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com futebol apático, Clipper e JC empatam e seguem sem vencer no estadual 2021

Foto: João Normando / FAF

O resultado em campo foi ruim em todos os sentidos. Ambas as equipes não apresentaram um bom futebol, continuam sem vencer e não avançaram na tabela de classificação. O resultado final apontou o empate, entre Clipper Clube e JC em 1 a 1, pelo Campeonato Amazonense de 2021. A partida válida pela terceira rodada, na tarde deste sábado, na Arena da Amazônia, deixou o JC, em quinto lugar, com dois pontos. Já o Águia Dourada do P10, soma o primeiro ponto e figura na penúltima colocação, com apenas um ponto.

Para buscar sua primeira vitória, o Clipper terá pela frente o atual líder Nacional, pela quarta rodada. A partida será realizada na quarta-feira, 24/3, às 15h30 (16h30 de Brasília), no Estádio Carlos Zamith, zona Leste da cidade. De volta na quinta rodada, outro que também almeja seu primeiro resultado positivo, JC vai encarar em casa o Amazonas, no domingo, 28/3, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (a 276 km da capital).     

Jogo

Nem mesmo começou a partida e o JC já chegou dizendo o que queria. Com menos de um minuto, cruzamento da esquerda, a bola atravessa toda área e chega no segundo pau para Jean Batista bater forte ao gol, mas o árbitro assistente marca lance irregular do time da Velha Serpa.

O JC colocou pressão no começo da partida. Aos três minutos, Jean Batista avançou e entre dois adversários chutou, mas o goleiro Darlan fez a defesa, soltou a bola e voltou a segurar a pelota.

Ambas as equipes não conseguiam fazer uma jogada mais trabalhada no ataque. O JC até tocava a bola, mas cometia erros bobos na sequência das jogadas. O Águia Dourada do P10 errava nos passes e na construção de qualquer jogada. A partida apresentou um baixo nível técnico, pela qualidade de jogo apresentado por ambos os times.

Aos 22 minutos, o JC armou uma jogada no ataque de frente para meta com João Marcos, mas quando tentou o drible, houve o toque do jogador do Clipper e o árbitro marca falta. Aos 25 minutos, Wagner cobra falta pela meia direita de canhota e a bola explode no travessão do lado esquerdo da meta do goleiro.

Após esse lance perigoso na trave do JC, apesar do domínio de bola e mostrando uma qualidade melhor em relação ao adversário, o time da Velha Serpa não criou nenhuma jogada que levasse perigo a meta do goleiro Darlan. O Clipper sequer criou algum lance que assustasse o gol do JC.

Aos 46 minutos, o Águia criou uma jogada pela direita, mas o arbitro marcou falta. Na cobrança, Tiago Bigo bateu fechado no segundo pau, mas Kaic pequeno e desequilibrado não soube aproveitar a única chance que poderia levar perigo ao gol do JC.

A exemplo da etapa inicial, com menos de um minuto, o JC lança na grande área, o goleiro Darlan dá rebote e Eldem na sobra chuta, mas novamente Darlan faz uma grande defesa e evita o gol do time da Velha Serpa.

Aos quatro minutos, o JC tem uma falta no bico esquerdo da grande. João Marcos cobra e o zagueiro tenta tirar, mas a bola passa no canto direito do goleiro Darlan, que tentou, mas não conseguiu, 1 a 0.

O Clipper depois do gol parece que acordou. Aos 12 minutos, Mateus Iton sofre falta pelo lado esquerdo. Na cobrança, Tiago Bigo bate na área e dois jogadores do Águia disputam a bola com o goleiro Bruno do JC, mas o árbitro marca falta de ataque.

Aos 22 minutos, o Clipper teve uma boa chance na cobrança de falta. Bola na grande área para Charles Chenko, que perdeu o tempo da bola e não conseguiu tocar na pequena área para finalizar com perigo.

O JC continuava trabalhando as jogadas para marcar mais um gol. Aos 27 minutos, Diego Vitor na esquerda toca para Jean Batista, que bate forte fora da área, mas o goleiro Darlan bem colocado pratica a defesa.

Aos 33 minutos, o lance mais perigoso do Clipper durante toda partida até agora. Pelo lado esquerdo, Charles Chenko chuta de canhota à direita do goleiro Bruno e a bola bate no suporte da rede pelo lado de fora.

Aos 38 minutos, o Águia marca o gol de empate e um golaço. Cristiano Natal, que acabara de entrar em campo, de fora da área chuta forte no canto esquerdo do goleiro Bruno, sem chances de defesa, 1 a 1.

O Clipper se animou e partiu para cima do JC. Aos 44 minutos, em novo lance, a bola sobra para Cristiano Natal de frente para meta, que chuta forte, mas o goleiro com a mão direita evita o desempate do Águia.   

O Clipper fez no final, o que não conseguiu durante toda partida. Aos 47 minutos, nova chance para o Águia virar o marcador. Pela direita surge a jogada para a chegada de Charles Chenko chutar, mas em cima do goleiro e perdeu a chance de marcar.

Ficha técnica:

Data: 20/03/2021 – sábado

Jogo: Clipper Clube 1×1 JC

Motivo: Campeonato Amazonense de 2021 – 1ª fase / 3ª rodada

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM 

Horário: 16h (17h de Brasília)

Público: —

Renda: —

Árbitro:  Ivan da Silva Guimarães Júnior

Árbitros Assistentes: Hugo Agostinho Chaves da Paixão e Anne Kesy Gomes de Sá

Gols: João Marcos 4min 1ºt (JC) e Cristiano Natal 38min 2ºt (Clipper Clube)

Advertências: Juninho e Pedro Foguete (Clipper Clube) e Boca (JC)

Expulsão: —

Clipper Clube: Darlan, Pedro Foguete, Dedimar, Diogo Jurandir, Rafael Borges, Mateus Iton (Therlison), Juninho (Cristiano Natal), Tiago Bigo (Heltinho), Rafael Paulista, Kaic e Charles. Técnico: Alberone Souza.

JC: Bruno, Alex, Boca, Cristian, Eldem (Helder), Jean Batista (Vinícius Cruz), João Marcos (Jeferson), Mumu, Paulo Pontes, Raphael (José) e Wagner Balotelli (Diego Vitor). Técnico: Paulo Morgado.

 

Outras postagens...

Ex-Aparecidense fecha com o Naça e afirma: “Não vim para passear”

Paulo Rogério

Nacional FC apresenta elenco para disputar o Barezão 2022

Paulo Rogério

“Temos um bom retrospecto em casa”, disse técnico do Jacuipense-BA sobre jogo da semi com Manaus pela Série D

Paulo Rogério