SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Depois de badernaço da torcida, frio e neblina, Manaus perde para o Caxias-RS e decide vaga em casa à Série C

Foto: Luiz Erbes/S.E.R. Caxias

Com um time bem postado em campo, mas depois de sofrer com badernaço da torcida na madrugada, frio e neblina, o Manaus acabou perdendo para o Caxias-RS por 1 a 0, na primeira partida pelas quartas de final, do Brasileiro da Série D. O jogo foi realizado na tarde deste domingo, 14/7, no estádio Centenário, na cidade de Caxias do Sul, no interior do Rio Grande do Sul.  O gol do Falcão Grená foi marcado por Michel, aos 13 minutos de jogo, mas o time gaúcho perdeu a chance de ter ampliado com Rafael Gava, na cobrança de penalidade no final da partida.  

Com resultado, o Gavião do Norte precisa vencer com dois gols de diferença para garantir a vaga na Série C do ano que vem. Se repetir o placar deste domingo, a definição será na cobrança de penalidades. A partida de volta será no sábado, 20/7, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Depois de sofrer sua segunda derrota na temporada, desde quando assumiu o Manaus, ainda no estadual, o técnico Welington Fajardo, em entrevista a Rádio Caxias, disse que o adversário seria muito difícil, mas admitiu que a vaga está em aberto com placar mínimo nesse primeiro jogo.

– A gente tinha estudado muito o jogo do Caxias, sabia que todos os gols deles saíam na retomada de bola e na velocidade. Como é uma equipe de muita qualidade soube fazer, mesmo nós sabendo que eles iriam fazer isso, por isso, se percebe o quando é difícil jogar com essa equipe que chegou com méritos e vem crescendo na competição. O jogo está em aberto com esse placar de 1 a 0, com 2 a 0 seria difícil e 3 a 0 quase impossível. Nós temos cem por cento de aproveitamento em casa, mas temos que fazer por merecer o resultado – explicou Fajardo, mas acredita que o Caxias vai sofrer com forte calor amazônico, assim como o Manaus sentiu o baixa temperatura do sul.

– Saímos de Manaus com 33 a 35 graus, um abafamento, onde eu que sou mineiro e há cinco meses na cidade não me acostumei ainda. Isso é um fator importante, da mesma forma que fomos prejudicado nessa aclimatação que tivemos do frio, tenho certeza, que serão submetido a esse clima quando chegar a Manaus vão sentir. Sou professor de Educação Física, e a adaptação ao frio é melhor ao calor, ou seja, pode ser um fator positivo, mas se tiver o calor e não jogar bola, não adianta, porque o principal é jogar futebol.   

Para o jogador Michel, que marcou ainda no primeiro tempo o gol da vitória do Caxias, o resultado foi muito importante, pois o time precisa vencer em casa para ter uma vantagem na partida de volta, em Manaus.

– A gente respeita o adversário, mas impõe o nosso ritmo, e foi assim hoje com Manaus dentro de casa, com Cianorte e com o Avenida. Acho que estamos no caminho certo e numa crescente para conseguir o acesso. Hoje podemos colher o que estamos plantando nos treinamentos e no dia a dia. Esse gol é um mérito não somente meu, mas do treinamento, do trabalho e todo conjunto que é nosso grupo. Se não levarmos o gol na partida de volta, esse será o gol do acesso – contou.

Ficha técnica:

Jogo: Caxias-RS 1×0 Manaus

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D / Quartas de final / Jogo de ida

Local: Estádio Centenário – Caxias do Sul/RS 

Horário: 15h Manaus (16h de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus FIFA (SP)

Árbitros Assistentes: Bruno Raphael Pires FIFA (GO) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Gol: Michel, 13min 1ºt (Caxias)  

Caxias-RS: Lee, Muriel, Jean, Thiago Sales, Eduardo Diniz (Raphael Soares), Marabá, Foguinho, Rafael Gava, Wagner, Taiberson (Márcio Jonatan) e Michel. Técnico: Paulo Henrique Marques

Manaus: Jonathan, Pelezinho, Spice, Patrick, Negueba, Panda, Derlan, Hamilton, Rossini (Márcio), Vandinho (Jean) e Mateus (Dolem). Técnico: Welington Fajardo.

Outras postagens...

“É um sentimento de reconhecimento”, disse dirigente do Manaus ao participar do Prêmio Brasileirão 2019

Paulo Rogério

Técnico do Paysandu diz que respeita Nacional, mas encara Copa Verde como prioridade

Paulo Rogério

“Temos que dobrar a atenção”, diz técnica do Bragantino sobre o JC-AM pelo BR Feminino

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...