SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Em jogo com o Fast pela Série D, técnico do Vilhenense-RO afirma: “Precisamos buscar um resultado positivo”

Foto: Rogério Perucci / Folha Sul Online

Há três jogos sem vencer, e da mesma maneira fora de casa, o Vilhenense-RO é o sexto colocado, com quatro pontos no grupo 1, mas quer mudar essa situação no Campeonato Brasileiro da Série D. Para isso, tem pela frente o Fast Clube-AM, pela 6ª rodada, nesta quarta-feira, 14/10, às 20h (21h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.  

Ainda com chances de classificação, o técnico Felipe Romário, 31 anos, há pouco mais de três meses no comando do Leão, afirmou ao SPORTS MANAUS, que é fundamental conseguir um bom resultado, mesmo diante de um adversário muito difícil.

– Todos os jogos, seja fora ou em casa para quem busca a classificação, precisamos encarar todos de fundamental importância para a nossa continuidade na competição, não somente a comissão técnica, mas os atletas estão conscientes disso. Precisamos buscar um resultado positivo, ainda que seja fora para trilhar nossa meta, e consequentemente, buscarmos nosso objetivo que seria a classificação – comentou, porém, alertou.

O comandante do Vilhenense afirma que o Fast é um adversário muito qualificado (Foto: Rogério Perucci / Folha Sul Online)

– A equipe está ciente das dificuldades que vamos enfrentar diante do Fast. Sabemos que é um adversário qualificado, sabemos das dificuldades de jogar fora de casa, principalmente vindo de uma maratona, na qual enfrentamos. Nós temos trabalhado muito para realizar grandes jogos, algo que tem acontecido, porém, nós temos pecado principalmente no que diz respeito a concentração no último terço da partida – disse.

Com a situação delicada na tabela de classificação, o jovem comandante do Vilhenense, revelou que o elenco precisa colocar em campo o que foi determinado para o jogo com o Tricolor de Aço, em Manaus.

– O jogo de futebol é muito dinâmico e cabe a nós termos um equilíbrio entre as fases de defesa e ataque e de transições, para que a gente consiga neutralizar as ações ofensivas do adversário e conseguir construir para chegar ao gol. Mas é claro que, prezamos pelo equilíbrio, porque entendemos a qualidade do adversário. Nós temos traçado uma estratégia para esse jogo especifico, para fazer um grande jogo e buscar o resultado positivo – completou.

 

Outras postagens...

Imbatível! Rio Negro vence Parintins e conquista invicto o Amazonense da Série B

Paulo Rogério

No primeiro jogo do quadrangular da Série C, técnico do Botafogo-PB diz: “O Amazonas conseguiu fazer uma competição equilibrada”

Paulo Rogério

Jogando em casa, Treze-PB busca a vitória diante do Manaus para se aproximar do G4 na Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...