SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Na maior goleada, Princesa atropela JC por 9 a 1 e pega o Operário pelas quartas de final do Amazonense

A exemplo do Nacional, o Princesa também aplica a maior goleada do estadual por 9 a 1.

Para fechar a primeira fase do Campeonato Amazonense da Série A em grande estilo, o Princesa do Solimões, alheio das dificuldades do adversário, atropelou o JC por 9 a 1, se consolidando como a melhor campanha, mantendo a invencibilidade e mais do que nunca líder, com 25 pontos na classificação. A partida pela última rodada, deixou o já rebaixado JC em último lugar, com apenas dois pontos. O confronto foi realizado na tarde desta quarta-feira (9), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

2ª fase

Com a melhor campanha da fase classificatória em primeiro lugar, o Princesa com a vantagem do empate nos dois jogos diante do Operário. O primeiro jogo do clássico de Solimões, será no domingo, 13/3, às 15h30 (16h30 de Brasília), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 68 km da capital).  A partida de volta será no próximo domingo, 20/3, às 15h30, no Estádio Gilbertão.

Jogo

Com apenas 11 jogadores, o JC chegou faltando poucos minutos para começar o jogo, passou pelo vestiário, não aqueceu e foi direto para o campo e não tinha suplentes no banco. O primeiro lance de perigo foi do Princesa. Aos nove minutos, pela esquerda Miliano cobra falta no canto esquerdo e o goleiro Felipe do JC fez a defesa.

Diante de um adversário totalmente com dificuldades, o Tubarão do Norte abriu o marcador, aos 16 minutos. Pela esquerda, Miliano cruza na área e Max domina e chuta no canto direito para abrir o marcador, 1 a 0.

Com domínio total, o Princesa continuava jogando em busca do segundo gol. Aos 22 minutos, após uma boa jogada pela esquerda, Koffi serve para Frank, mas perdeu a chance de marcar chutando para fora.

Aos 25 minutos, o JC parecia vencido, mas ficou apenas no campo da ilusão. Anderson passa pela marcação do Gavião do Norte, foi derrubado e o árbitro marcou pênalti. Um minuto depois, Marcelo na cobrança do penal bateu no canto esquerdo para empatar, 1 a 1.

O Tubarão jogava fácil e sem dificuldade alguma. Após tiro de canto pela direita por Miliano na área, o zagueiro segura o jogador do Tubarão e o árbitro marca pênalti. Aos 27 minutos, Miliano o cobra com categoria no canto direito para marcar, 2 a 1.

Não demorou muito e o Tubarão fez mais um tento. Jogada pela esquerda na área e Frank aproveitou na área para marcar seu primeiro gol e o terceiro, 3 a 1.

Segundo tempo

Aos três minutos, o Princesa quase marcou seu terceiro gol. Pela esquerda, Miliano cruza para Max sozinho na área e acabou perdendo o gol. Um minuto depois, Pica Pau recebe uma bola na área e é derrubado, na qual o árbitro marcou pênalti. Aos cinco minutos. Miliano cobrou no canto direito e ampliou. 4 a 1.

Aos 11 minutos, o Tubarão perdeu um gol feito. Pela esquerda, Thiaguinho cruza na área e Miliano perdeu o gol sozinho

Em ritmo de treino, o Princesa jogava como queria em campo. Aos 15 minutos, pela direita, Pica Pau cruza na área e sozinho Max apenas toca para ampliar, 5 a 1.

Sem nenhuma dificuldade pela frente, o Princesa ditava as normas em campo. Aos 17 minutos, Pica Pau pela direita aproveitou uma jogada e marcou, 6 a 1. Um minuto depois, aos 18 minutos, em nova jogada sem obstáculo, Felipe Tiririca passou por dois jogadores e ampliou, 7 a 1.

Em uma partida com apenas uma equipe praticamente jogando, o jogo parecia fácil para o Princesa. Aos 34 minutos, tiro de canto pela direta e Lucas Fabrício toca de cabeça para marcar mais um tento, 8 a 1

Aos 38 minutos em nova jogada do Princesa no setor ofensivo, surgiu mais um gol. Depois da jogada na área, a bola sobrou para Sidi, que bateu no canto direito, 9 a 1.

Ficha técnica:

Data: 09/03/2021 – quarta-feira

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A – 1ª fase / 11ª rodada

Jogo: JC 1×9 Princesa do Solimões  

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Renda: —

Público pagante: —

Árbitro: Edmundo Tiburcio Ferreira Araujo

Árbitros Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Kennedy Ramos Lucas

Gols: Max 16 min 1ºt, Miliano 35 min 1ºt pênalti e 5 min 2ºt, Frank 37 min 1ºt, Max 14 min 2ºt, Jonas 17 min 2ºt, Felipe Tiririca 18 min 2ºt, Lucas Fabrício 34 min 2ºt e Sidi 38 min 2ºt  (Princesa do Solimões) e Marcelo 26 min 1ºt pênalti (JC)

Advertências: Roniel, Celson, Deiglisson e Vinícius Cruz (JC) e Felipe Tiririca (Princesa do Solimões)

Expulsão: —

JC: Felipe, Douglas, Josivaldo, Alan, Roniel, Diogo, Rogério, Vinícius Cruz, Breno, Celso e Marcelo. Auxiliar técnico: Diogo Porcino.

Princesa do Solimões: Tião, Eric, Rodolfo, Deurick (Thiaguinho), Anderson (Sidi), Koffi (Baé), Felipe Tiririca, Miliano, Jonas (Lucas Fabrício), Max e Frank (Toró). Técnico: Aderbal Lana.

 

 

Outras postagens...

Cheio de reservas, Vasco vence o Resende e vai enfrentar o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca

Paulo Rogério

Ídolo máximo do Gavião, Hamilton deixa o clube para atuar no Mundo Árabe

Paulo Rogério

Médico do Fast trabalha para liberar jogadores positivados pela Covid-19

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...