SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Rio Negro perde para o Manauara, se classifica e pega o mesmo time na semi do Amazonense da Série B

Assessoria do Rio Negro / Agência Sports Manaus 

Com uma atuação pífia do árbitro central, o Rio Negro sofreu um placar adverso diante do Manaus por 3 a 1, pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Amazonense da Série B. Com o resultado, o time Barriga Preta, terminou em quarto lugar, com oito pontos e garantiu vaga na semifinal. O jogo foi realizado na tarde deste sábado, no Estádio Carlos Zamith, zona Leste.

Em dois jogos para conhecer o finalista da competição, mas principalmente a vaga na elite do futebol amazonense na próxima temporada, o Rio Negro encara o Manaus, que ficou em primeirolugar, com 14 pontos. A definição do jogo, será ainda divulgado pela Federação Amazonense de Futebol (FAF).  

Jogo

O Rio Negro enfrentou até agora na divisão de acesso o adversário mais difícil. Aos seis minutos, o atacante Everton do Manauara passou pelo zagueiro Henrique, mas quando chutou balançou as rede do lado de fora.

Aos 15 minutos, o Galo da Praça da Saudade chegou com perigo. Pela esquerda, o estreante Railson, chutou próximo do ângulo esquerdo do goleiro Gabriel. 

Aos 27 minutos, o zagueiro do Manauara faz a jogada na área, é derrubado e o árbitro marca pênalti. Um minuto depois, Banguele cobra no canto direito do goleiro para fazer, 1 a 0 Manauara.

Aos 44 minutos, Hayllan faz boa jogada pela esquerda, entra na área e toca para Allan Patrick. O lateral direito não dominou e perdeu a chance de marcar o tento de empate. 

Nos acréscimos, aos 51 minutos, o Galo empatou. O atacante Jerinha é derrubado próximo do canto direito da grande área, O meia Railson com categoria bateu sem chances para o goleiro Gabriel, 1 a 1.  

Segundo tempo

O segundo tempo prometia muitas emoções para definição dos classificados para a semifinal. Aos quatro minutos, Hayllan passou por dois jogadores e foi derrubado na entrada da área. Aos cinco minutos, na cobrança, novamente Railson bateu, mas a bola tocou na barreira.

Aos 15 minutos, o Ro Negro faz uma blitz na área do Manauara com Hayllan, Jerinha, mas não sou conseguiu marcar o segundo gol em cima do seu adversário. 

Aos 25 minutos. Hayllan pela direita tentou a jogada, mas foi derrubado por Cebolinha. No lance, o jogador se contundiu e teve que ser transportado pela ambulância de plantão no estádio para um hospital. Em razão disso, o jogo ficou paralisado por mais de 10 minutos.  

Aos 38 minutos, veio o segundo gol do Manauara. Após cobrança de escanteio pela direita por Maxwell   na área, Mendonça testa de cabeça para marcar, 2 a 1.

Em desvantagem, o Galo saiu em busca do empate e perdeu uma grande chance de empatar. Aos 45 minutos, Emerson Martins entrou na área e fez boa jogada de frente para a meta, mas acabou chutando rasteiro no canto direito para fora. 

Na pressão, o Rio Negro se lançou todo ao ataque. Aos 47 minutos, pela direta Luciano lança na grande área de pé trocado, Jerinha de peito toca para Railson bater forte, mas a bola bateu na zaga e foi pra fora.

Aos 51 minutos, outra chance perdida pelo time Barriga Preta. Pela direita, Luciano cobra escanteio na área, a bola sobra para Railson, que chuta de canhota e quase marca o gol de empate.   

Aos 56 minutos, contra ataque rápido do Manauara pela direita com e Róger Gaúcho, que entrou na área para finalizar sem chances para o goleiro Oliveira, 3 a 1. 

Ficha técnica:

Data: 30/10/2021 – sábado 

Jogo: Manauara 3×1 Rio Negro 

Local: Estádio Carlos Zamith – Manaus/AM 

Horário: 15h (16h de Brasília) 

Renda:

Público pagante:

Árbitro: Luiz Rodrigo Barbosa Oliveira (AM)

Árbitros Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM) e Noelia Chaves da Paixão (AM)

Gols: Banguelê 28 min 1ºt pênalti, Mendonça 38 min 2ºt e Roger Gaúcho 56 min 2ºt (Manauara) e Railson 51 min 1ºt (Rio Negro) 

Advertências: Tiago Amazonense, Maxwell e Tavinho (Manauara) e Emerson Martins, Mirandinha, Railson e Miliano (Rio Negro) 

Expulsão: Paulo Henrique e Mirandinha (Rio Negro) 

Manauara: Gabriel, Railan, Mendonça, Guilherme, Maxwell, Tiago Amazonense, Banguelê, Tavinho (Roger Gaúcho), Caique (Cebolinha), Everton Kanela (Lê Santos) e Luizinho (Abner). Técnico: Oliveira Canindé.

Rio Negro: Oliveira, Allan Patrick, Henrique, Naldo (Ivan), Miliano, Felipe Tiririca (Luciano), Serginho Duarte, Emerson Martins, Railson, Jerinha e Hayllan (John). Técnico: Mirandinha.