SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Técnico do Fast Club diz que jogo com Bragantino-PA é importante e que vai definir várias situações na Série D

Um jogo que vale muito mais do que três pontos, mas a possibilidade de assumir a liderança do grupo1e diante de um adversário favorito a levar umas das vagas. Com esse pensamento, o Fast Clube enfrenta o Bragantino-PA, líder com 21 pontos, pela 12ª rodada, do Campeonato Brasileiro da Série D, neste sábado, 14/11, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus.

De acordo com Lecheva, a partida é fundamental em todos os sentidos para o Tricolor de Aço dentro grupo, mas principalmente pode definir várias situações da equipe na Série D.

– Não resta dúvida que esse jogo é o mais importante que vamos enfrentar até aqui, e nessas condições nem se fala, ou seja, é um jogo em casa, contra o líder do campeonato e que pode nos devolver a liderança, além disso, garantir a classificação com duas rodadas de antecedência. É uma partida importantíssima da competição até aqui, mas temos plena consciência disso – explicou e afirmou ao SPORTS MANAUS que o time está focado na partida.

– A motivação para esse jogo são várias, se não bastasse todos esses ingredientes que citei antes, é um adversário que não conquistamos nenhum ponto ainda, haja vista que em Bragança no primeiro jogo nós perdemos. O ideal é fazer uma conta com quatro pontos com cada adversário, mas nesse caso já não se consegue mais essa soma, mas temos que conseguir o mínimo, que seria três pontos – disse.

Sobre as alternâncias do Fast durante o campeonato, Lecheva, afirmou que isso faz parte de qualquer esporte, pois quem participa de alguma competição pode manter ou não uma regularidade em campo.

– A alternância de resultados é normal no campeonato longo como é desse ano, bem com, em todas as competições e em todos os níveis. Nós estávamos a sete jogos sem derrota, mas acho que não cabe muito analisar por esse lado, já que vínhamos de sete jogos de invencibilidade, mas a alternância em uma competição equilibrada como é uma Série D, por exemplo, é normal. Essa inconstância, com exceção de alguns grupos, a gente percebe que existe uma disparidade muito grande de equipes – justificou.

 

Outras postagens...

“É inesquecível”, disse presidente do Brusque-SC sobre a final com Manaus pela Série D

Paulo Rogério

Em jogo da eliminação do Fast no acesso, Vuaden volta e apita partida decisiva do Amazonas e Portuguesa-RJ pela Série D

Paulo Rogério

Sobre suposto jogador irregular, dirigente da Aparecidense-GO afirma: “Tem tudo que comprova, mesmo que não precise”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...