SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Em sua sexta vitória, Amazonas domina, vence Rio Branco-AC e mantém invencibilidade na Série D

A Onça-pintada vence mais uma na Série D e dispara na liderança do grupo A1, agora com 21 pontos. 

Único invicto, ao lado do São Bernardo, o Amazonas venceu o Rio Branco-AC por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro da Série D, mantendo sua invencibilidade e uma das melhores campanha até agora na competição. A Onça-pintada com a vitória, disparou na liderança do grupo A1, com 21 pontos conquistados, ficando o Estrelão, em terceiro lugar, com 17 pontos. O jogo aconteceu na tarde deste domingo (12), no Estádio Ismael Benigno, a Colina.

Na próxima rodada, o Amazonas joga o compromisso regional com São Raimundo-AM, no domingo, 19/6, às 15h (16h de Brasília), na Colina. Já o Rio Branco, volta a jogar em seus domínios diante do Náutico-RR, no domingo, às 18h local, no Florestão, na capital acreana.  

Jogo

O Amazonas começou na pressão e sem dar chances ao adversário. Aos 11 minutos, na entrada da grande área Biel Potiguar toca para Rafael Tavares, que na área chuta para marcar, 1 a 0.

No primeiro lance de perigo do Estrelão, aos 18 minutos, quase saiu o gol. De frente para meta Vanderson bate no canto esquerdo, o mas o goleiro Evandro Gigante defendeu.

A Onça-pintada, aos 25 minutos, conseguiu ampliar o marcador. Christian cobra falta na grande área e o zagueiro Luís Gustavo subiu mais alto da zaga do Estrelão para balançar as redes, 2 a 0.  

Com dois gols de desvantagem, o Rio Branco teve que se expor mais ainda. Aos 39 minutos, Vanderson recebe uma bola pela direita e bate cruzado, mas a bola passa na pequena área, mas não apareceu nenhum jogador para tocar na bola.  

Nos acréscimos do primeiro, aos 47 minutos, o Rio Branco conseguiu diminuir. Do lado esquerdo, surgiu o lançamento na área para Mateus Nego domina a bola e finalizar, 2 a 1.

Segundo tempo

Mal começou a etapa complementar, aos dois minutos, o Amazonas chegou com perigo. Pela direita, Vitinho passou por dois marcadores entrou na área, mas chutou fraco de canhota nas mãos do goleiro Evandro Gigante do Rio Branco.

Aos 16 minutos, a Onça-pintada mais uma investida com perigo. Pela esquerda, surgiu um passe para Robertinho, que de fora da área chutou por cima da meta do goleiro Evandro Gigante.

O Amazonas continuava melhor e buscava ampliar ainda mais o marcador. Aos 20 minutos, Vitinho toca na esquerda para Christian, que chutou sem muita força para baliza do Estrelão.

Aos 32 minutos, a Onça quase ampliou, após uma bela jogada no ataque. Rafael Tavares na área chuta e o goleiro Evandro Gigante defendeu, na sobra Vivinho bateu e novamente o goleiro coloca para linha de fundo.

Na reposição de bola do goleiro Iago Sales do Amazonas, aos 38 minutos, saiu o terceiro gol. Rafael Tavares disputou com o zagueiro a bola, que caiu no solo e bateu forte sem chances para de defesa de Evandro Gigante, 3 a 1.

No apagar das luzes, o Amazonas queria ampliar o marcador. Aos 46 minutos, Diogo Dolem toca na direita para a chegada Robertinho, que chuta cruzado, mas o goleiro evitou mais um gol.

Ficha técnica:

Data: 12/06/2022 – domingo

Jogo: Amazonas 3×1 Rio Branco-AC

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D – 1ª fase / 9ª rodada

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Público: —

Renda: —

Árbitro: Rafael Odílio Ramos dos Santos (MT)

Árbitros Assistentes: Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM) e Alexsandro Lira de Alexandre (AM)

Gols: Rafael Tavares 11 min 1ºt e 38 min 2ºt e Luís Gustavo 25 min 1ºt e (Amazonas) e Mateus Nego 47 min 1ºt (Rio Branco-AC)

Advertências: Mateus Nego, Marcão e Bruno Monteiro (Rio Branco-AC) e Judá e Luís Gustavo (Amazonas)

Expulsão: —

Amazonas: Iago Sales (Gustavo), Biel Potiguar, Lucão, Luís Gustavo, Henrique Ávila, Robertinho, Christian (Adriano), Vitinho, Rafael Tavares (Soares), Ruan (Henrique Santos) e Ítalo (Diogo Dolem). Técnico: Rafael Lacerda.

Rio Branco-AC: Evandro Gigante, Marcão (Ramon), Santos, Jackson, Negueba, Euder (Rabiola), Leonardo (Jonhson), Alexandre (Cássio), Vanderlei, Ciel (Luan) e Mateus Nego. Técnico: Bruno Monteiro.

 

 

 

Outras postagens...

Em casa na Copinha, e com estreia diante do Fast, técnico da Matonense diz: “O fator casa nos ajude e prevaleça”

Paulo Rogério

Pela primeira vez na Série C, presidente e fundador do Altos-PI sonha com acesso à Série B ano que vem

Paulo Rogério

A $1495 Flamingo Dress: The Pink Bird Is Dominating Fashion

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol