SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Presidente em exercício da FAF confirma calendário do estadual e justifica: “CBF estipulou a janela de competição”

‘Janela de competição’, esse foi o principal motivo apresentado pelos dirigentes da FAF, para não adiar o início do Campeonato Amazonense da Série A, de 26 de janeiro à 2 de abril, na reunião com os representantes dos 12 clubes. A ideia foi levantada pelo diretor de futebol do São Raimundo, mas não acatada pelos representantes. O encontro foi realizado, na tarde desta segunda-feira, 10/1, no auditório Antônio Prudente da Costa, na sede da federação, no centro da cidade.

O presidente em exercício da FAF, Dr. Pedro Augusto, afirmou que não havia como mudar o período de realização do estadual, pois este ano é muito atípico, em função da realização da Copa do Mundo Qatar 2022.

– Não há essa previsão de adiamento, porque o calendário nacional da CBF estipulou a chamada ‘janela de competição’, ou seja, as competições regionais das federações aconteçam de 26 de janeiro a 3 de abril. A federação está trabalhando responsavelmente com os presidentes dos clubes, e o nosso campeonato será de 26 de janeiro a 2 de abril. A partir desta data, acontecerão os jogos da Copa do Brasil, Série D e outras competições nacionais – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda completou.

– Se a gente adia o final da competição, pode conflitar com outras competições nacionais. Com isso, nossa preocupação passa a ser o aporte financeiro que esses clubes terão para bancar seu plantel no campeonato local e na competição nacional, que pode acontecer hipoteticamente – salientou o cartola da FAF.

De acordo com o dirigente, a entidade não pensou apenas na mudança de data, mas principalmente os efeitos que causariam uma possível mudança no calendário de jogos, seja no início ou final da competição.

– Se uma equipe A jogar na quarta-feira, e no sábado ter um compromisso nacional, onde esse time volta a Manaus para ter outro jogo, enfim, o custo dessa pretendida proposta, caso acontecesse, causaria esse tipo de transtorno. A federação não pode só pensar em cumprir tabela, mas tem que se preocupar com o clube. Nesse sentido, a gente vai procurar toda estrutura para a competição acontecer de 26 de janeiro à 2 de abril – justificou Pedro.

 

Outras postagens...

Calleri decide, e São Paulo bate o Flamengo no jogo de ida da final da Copa do Brasil

Paulo Rogério

Com dois expulsos, Manaus vence Clipper pela segunda rodada do Amazonense 2021

Paulo Rogério

Manauara mostra superioridade, vence novamente o Princesa e joga final inédita com Amazonas pelo Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...