“Foi o pior jogo”, disse técnico do Iranduba após goleada do Inter-RS na semi do Brasileiro Feminino sub-18

255

Foto: Mariana Capra / Internacional 

Na primeira partida da semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino sub-18, o Iranduba não conseguiu resistir a boa equipe do Internacional e foi goleado por 5 a 0, na tarde deste domingo, no campo do Sesc Campestre, em Porto Alegre. O jogo de volta, será dia 28 deste mês, às 16h (17h de Brasília), no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste de Manaus. Para se classificar, as meninas do Hulk da Amazônia precisam golear as Coloradas para chegar na final da competição.

De Porto Alegre, o técnico João Carlos Cavalo, explicou ao SportsManaus, que o Iranduba foi muito abaixo do esperado, e chegou a dizer que até irreconhecível, com muitos erros individuais, sendo preponderante para o resultado final.

– O time foi muito abaixo, nós não tivemos comprometimento nenhum. Foi uma equipe muito apática, tivemos erros individuais cruciais, que culminaram em nossa derrota. Infelizmente, nós jogamos nossa pior partida nessa competição e num jogo decisivo como esse contra o Internacional – lamentou, mas ainda citou.

– Não dar para errar tanto, como erramos hoje. Tanto foi assim, que praticamente dos cinco gols que levamos foram por erros individuais. Assim fica complicado, quando se tem praticamente 90% da equipe abaixo do seu rendimento – esbravejou.

Depois de uma boa participação nas fases anteriores, João Carlos Cavalo, acusou qual foi um dos principais motivos da derrota do Iranduba, mas chegou a citar que o elenco parecia que não tinha entrado em campo.

– Maior erro nosso foi a falta de comprometimento, uma equipe totalmente apática, sem determinação e fora dos padrões que o Iranduba joga. Não tem como jogar uma partida decisiva se não tiver determinada, confiante, enfim, a gente não conseguiu durante os 90 minutos conseguir dar três passes no jogo. Assim, fica muito complicado – disse, mas reconhece que a classificação para decisão ficou complicado.

– Acredito que se analisarmos friamente, fica muito difícil fazer cinco gols e não tomar nenhum. Vamos jogar dentro de casa, e a gente espera fazer uma boa partida para apagar esse vexame – finalizou.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.