SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Para superar o Manaus, técnico do Ji-Paraná-RO aposta no fator motivacional do elenco na Copa Verde

Foto: Divulgação / Ji-Paraná-RO

No primeiro compromisso da temporada com pouco tempo de preparação para encarar seu primeiro adversário, o Ji-Paraná-RO, tem pela frente a boa equipe do Manaus FC, em jogo único pela Copa Verde. A partida será realizada nesta quinta-feira, 21/1, às 14h30 (15h30 de Brasília), no estádio Ciro Machado do Espírito Santos, o Defelê, no Distrito Federal. Se o confronto terminar com empate no tempo regulamentar, a vaga para as oitavas de final, será na cobrança de penalidades.

Ciente da qualidade do Gavião do Norte, tendo uma base montada e que disputa a terceira divisão nacional, o técnico Bebeto Amorim, acredita no potencial do grupo para superar o time amazonense.

– O fator motivacional dos jogadores é disputar a Copa Verde hoje, e está defendendo o Ji-Paraná, já é um motivo. O jogador que está acostumado a jogar tem que estar preparado, assim como, eu estou preparado como treinador de futebol. Os jogadores só de vestir a camisa, defender as cores do clube e disputar a competição, é uma motivação muito grande – explicou ao SPORTS MANAUS, mas gostou de certa forma da alteração de local.

– A mudança de local e sem a presença de público, tira teoricamente a vantagem de jogar em casa do Manaus. Dependendo de onde iriamos jogar, minha equipe está preparada. Futebol é 11 contra 11, onde dentro de campo vai prevalecer a vantagem, a tática, o comportamento de nossos jogadores, mas com certeza, essa mudança de local ajudou muito – comemorou.

Mesmo com tempo reduzido para realizar seu planejamento, o treinador acredita que o trabalho realizado até aqui foi suficiente para conseguir a vaga, sem contar com a experiencia do elenco.

– Com certeza, o tempo foi muito curto, mas desafios foram feitos para serem vencidos, não vai ser o problema. O Manaus com certeza, tem uma base, mas também temos aqueles jogadores que são acostumados a jogar na Série C, D e na própria Copa Verde, não vai ter problema. Nossa preocupação é o entrosamento e a parte física, pois isso depende de qualquer coisa, sendo a parte mais difícil de qualquer equipe – finalizou.

 

Outras postagens...

Com VAR inoperante, Nacional vence Bahia de Feira, mas não supera o placar agregado e se despede da Série D

Paulo Rogério

Pela Série D, São Raimundo perde várias chances, marca gol contra e é derrotado pelo Porto Velho-RO

Paulo Rogério

“Todo tipo de adaptação é muito importante”, revela o técnico do Nacional sobre a preparação dos jogadores para o Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...