SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Sobre a estreia como técnico do Clipper no estadual, Charles afirma: “Foi da pior forma possível”

A primeira experiência de Charles, após pendurar as chuteiras, foi de auxiliar técnico do Iranduba, com o técnico João Carlos Cavalo

Começando sua caminhada na beira do campo, como auxiliar técnico do Atlético Clipper Clube, Charles Chenko, sempre sonhou em comandar a equipe profissional, mas não imaginava que seria tão cedo e para não ser lembrado nunca mais. O ex-atacante assumiu o cargo, após a saída do técnico Mazinho, que foi dispensado, em virtude dos resultados negativos, pelo Campeonato Amazonense da Série A deste ano.

Com nove jogadores dispensados, um time todo desfalcado e na zona de rebaixamento, Charles Chenko teve sua estreia no comando do Águia Dourada do P10 da pior forma possível, quando o time foi goleado pelo São Raimundo por 6 a 1.

– Eu esperava estar aqui na beira do campo e ser um treinador, mas não era do jeito que eu queria e dessa forma. Foi da pior forma possível, mas é o que a gente tem, enfim, eu tenho que abraçar minha ideia. Mas podem ter certeza, que no próximo jogo será totalmente diferente – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda afirmou.

– Eu espero pelo menos dar uma organizada na casa para não passar vergonha. Estou começando agora nessa carreira, mas não gostaria de começar assim. Estou com os jogadores, vou dar minha cara a tapa também e vamos atrás de reforços e buscar jogadores aqui mesmo de Manaus. Vamos atrás dos meninos, que disputaram o campeonato de base. Com isso, dar nova chance para esses futuros promissores – revelou, o agora treinador.

 

Outras postagens...

Sem revelar nomes, dirigente do Operário diz que o novo técnico será anunciado até o dia 15 deste mês

Paulo Rogério

No primeiro jogo das oitavas da Copa do Brasil Sub-17, técnico do Paysandu descarta pressão por resultados contra o Amazonas, em Belém

Paulo Rogério

Após quatro meses de preparação para a Copa SP, técnico do Castanhal-PA avisa: “Uma equipe competitiva e forte”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...