SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Vice-presidente de futebol do Rio Negro confirma início da pré-temporada dia 4/12 e aposta na condição física como diferencial

O Galo já saiu na frente ao ter apresentado, Sidney Bento, no comando da próxima temporada.

Foto: Agência Sports Manaus 

Em sétimo lugar, com apenas sete pontos e ficando nas quartas de final do Campeonato Amazonense da Série A deste ano, o Atlético Rio Negro Clube, quer muito mais na próxima temporada e não apenas ser mero participante. Para voltar aos bons tempos de conquistas e glórias, os dirigentes do Galo da Praça da Saudade, já começaram os trabalhos de bastidores em anunciar Sidney Bento, no comando do clube, mas principalmente, o planejamento para o estadual de 2024 já está em andamento.

De acordo com o vice-presidente de futebol do Rio Negro, Eduardo Bessa, a equipe vai iniciar sua preparação no final do ano para sair na frente dos outros adversários, o que pode ser um diferencial na disputa do título.

– O Rio Negro se antecipou a todos os clubes do estado e vai começar sua pré-temporada, no dia 4 de dezembro. A gente está apostando em um time mais regional, com a cara do Amazonas e uma equipe que estará com a preparação física na ponta dos cascos. Quando começar o campeonato, esse time vai estar correndo, comendo grama e a bola, enfim, vai estar voando, com toda certeza – comentou ao SPORTS MANAUS.

Confiante em uma boa campanha, o dirigente citou outro fator determinante para o Rio Negro conseguir seus objetivos, mas que pode também fazer toda a diferença no contexto geral da competição.

– A gente sabe que a preparação física é 60% a 70% de um jogo de futebol. Se o time estiver bem condicionado, principalmente com as particularidades do nosso clima, isso vai ajudar muito a largar na frente. Sem contar, que todas as vezes que estamos olhando para o mercado, serão de jogadores da região Norte, com uma fácil adaptação – disse, mas ainda citou.

– É muito mais fácil um jogador do Norte se adaptar ao nosso clima do Amazonas, do que a gente buscar algum sulista, que a gente sabe vai ficar um pouquinho mais difícil essa adaptação. Quanto mais cedo começar, melhor para o desempenho físico de cada atleta – alertou Bessa.

LEIA MAIS:

Com relação a prováveis nomes do futuro elenco, o cartola do Galo não quis ainda citar nomes, mas garantiu um número ideal para o início dos trabalhos físicos, depois técnico e tático na preparação.

– A conversa que tive com a comissão técnica, ficou entre 15 a 18 jogadores em dezembro. É óbvio, que devem chegar alguns reforços, que devem acontecer no dia 2 de janeiro do próximo ano, mas o nosso trabalho grosso de base do time vai iniciar no dia 4 de dezembro – finalizou Eduardo.  

 

 

 

Outras postagens...

Em desvantagem e jogando fora, técnico do Sport acredita na vaga diante do Fluminense, no jogo de volta da Copa do Brasil Sub-17

Paulo Rogério

Com Paulinho sendo decisivo, Atlético-MG vence Fluminense no Campeonato Brasileiro; veja resultado

Paulo Rogério

Valendo vaga na Copa SP, técnico do Red Bull considera jogo difícil com Nacional

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...