SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com dois gols no segundo tempo, Nacional vence Humaitá-AC e enfrenta Paysandu na próxima fase da Copa Verde

Com gols de Paulinho e Ronan, o Nacional venceu o Humaitá-AC por 2 a 0, na partida de volta pela Copa Verde, garantindo vaga na próxima fase da competição. O jogo foi realizado na noite desta sexta-feira, 2/8, na Arena da Amazônia. Com resultado, o Leão da Vila Municipal enfrenta o Paysandu-PA, pelas oitavas de final, jogando a primeira partida, no dia 7 de agosto, em Manaus. A partida de volta está marcada para o dia 20 de agosto, no estádio da Curuzu, em Belém.

Aos 12 minutos do segundo tempo, o lateral direito Paulinho abriu o marcador para o Naça. Para ele, foi uma boa vitória, mas acima de tudo ressaltou que vive um momento especial na sua vida e como jogador profissional.

– Eu só queria agradecer a Deus e minha família. É um momento novo na minha vida, sou um jogador novo como profissional. Tudo isso que está acontecendo, tenho certeza que não vai subir minha cabeça, só vou colocar os pés no chão. O Nacional merece voltar para onde não deveria ter saído. Essa diretoria está fazendo um trabalho pés no chão e os jogadores mereceram a vitória – disse.

Para fechar a classificação, o atacante Ronan marcou o segundo gol. Para ele, agora é pensar no próximo adversário, sendo muito difícil e tradicional do que foi o Humaitá.

 

Jogada muito disputada em ambos os lados pelos jogadores (crédito: Paulo Rogério)

– A Copa Verde é mata-mata, temos que entrar contra o Paysandu focado, sabemos do potencial do grande time que eles tem. Agora é manter o foco, tranquilidade para ver que o professor (treinador) vai falar nesses dias que faltam para jogar contra o Paysandu e fazer um grande jogo. A gente sabia das dificuldades que seria o jogo, onde foi difícil no Acre, mas poderíamos ter ganho no primeiro jogo.

Segundo o treinador do Humaitá, Edson Maria, a equipe tem pouco experiência, além disso, alguns jogadores nunca tinham saído do Acre e muito menos jogado em um dos estádios que foi palco da Copa do Mundo de 2014.

– O fato de jogar na Arena da Amazônia, influenciou muito na parte psicológica do atleta, quando eles viram esse grande estádio. Particularmente, tinha entrado aqui algumas vezes, mas a maioria não tinha, claro que a gente sente. Temos que evoluir um pouco mais na questão do profissionalismo, nossa equipe ainda deixa muito a desejar nesse sentido, mas acredito que essa participação nos deu uma base e experiência para buscar o melhor resultado – afirmou.

Ficha técnica:

Jogo:  Nacional 2×0 Humaitá-AC
Motivo: Copa Verde / 1ª fase  / Jogo de volta 
Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 20h (21h de Brasília)

Renda: R$16.785,00 
Público pagante: 806  
Árbitro:
  Valdicleuson Silva da Costa (AP)

Árbitros assistentes:  Inácio Barreto da Câmara e Roberto Soares dos Santos Junior (AP)
Gols: Paulinho 12min 2ºt e Ronan 48min 2ºt (Nacional)
Advertências: Luquinhas, Romarinho, Marcelinho e André Regly (Nacional) e Gabriel (Humaitá)
Nacional: André Regly, Paulinho. Guigui, Rafael Vítor, Bernardo, Felipe Eduardo, Ronan, Tiago

Amazonense, Luquinhas (Marcelinho), Marco Aurélio (Bandeira) e Romarinho. Técnico: Aderbal Lana.
Humaitá-AC: Marco, Jojo, Richard, Sandrão (Yan), Edinaldo (Hassen), Gabriel, Antônio Carlos, Zagalo, Helson Luiz, Cristian e Junior (Rayson). Técnico: Edson Maria.

Outras postagens...

Superado fora de casa, São Raimundo é goleado pelo Tocantinópolis-TO e se despede da Série D

Paulo Rogério

Amazonas faz o dever casa, mas no segundo tempo o Remo domina, empata e garante vaga na semi da Copa Verde

Paulo Rogério

Na volta pela Copa do Brasil Sub-17, Fast Clube vence o Andirá-AC e aguarda o próximo adversário

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...