SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

“É importante pontuar e fazer bastante gols”, disse técnica do Santos sobre Iranduba pelo Brasileiro Feminino

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Com uma das melhores campanhas do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A1, em segundo lugar com 30 pontos, apenas atrás do Corinthians, mas pelo critério de desempate, o Santos tem na partida com Iranduba a chance de conquistar mais três pontos, mesmo fora de casa. A partida pela 12ª rodada, será nesta quarta-feira, 17/7, às 20h (21h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus.

Depois da goleada de 9 a 0 diante do Sport na rodada anterior, as meninas da Vila Belmiro, passaram por uma situação constrangedora na madrugada desta segunda para terça-feira. A equipe teve que dormir em poltronas e sofás no saguão de um hotel, em Brasília, por erros de logística da empresa responsável da viagem e também da CBF.

Há um ano e sete meses no Santos, mas com passagem pela Portuguesa, Juventus, São José, Seleção Brasileira Sub-15 e 17, além da principal, a técnica Emily Lima, 38 anos, disse que nessa reta final da primeira fase, a meta é conquistar a vitória.

Treinadora do Santos não considera sua equipe favorita, devido a campanha na competição (crédito: Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

– As últimas rodadas é importante pontuar e fazer bastante gols. Nós somos líderes junto com Corinthians, sendo que o critério do saldo de gols faz com que o Corinthians esteja na frente, por isso, a importância da vitória e de marcar gols, porque o Corinthians pega a Ferroviária e Flamengo, onde acreditamos são jogos mais equilibrados e que não aconteçam muitos gols. Temos que aproveitar as últimas rodadas para primeiro garantir a vitória, e segundo terminar a primeira fase em primeiro lugar – explicou Emily ao SportsManaus, mas ainda ressaltou.

– O trabalho do Santos é sempre em busca da vitória, claro que temos que ter cautela em alguns momentos, mas nós sabemos das dificuldades que o Iranduba vem sofrendo durante a competição com problemas internos, com saídas de muitas jogadoras, mas não temos que se preocupar com isso, mas fazer nosso trabalho e buscar os três pontos importantes – frisou.

Com passagens por Manaus no comando de outras equipes e até com a Seleção Brasileira, Emily Lima conhece muito bem o Iranduba, mas afirma que é preciso jogar em campo para conseguir o resultado positivo, independente da atual situação da adversária na competição.

Meta é conquistar três pontos na partida com Iranduba fora de casa (crédito: Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

– Sim, já estive e foram momentos muito bom, tirando nossa final da Libertadores, mas tiramos muita coisa positiva aqui. A gente conhecia o Iranduba, e agora conhecendo outro time, onde houveram muitas mudanças na equipe, mesmo assim, já estudamos antes e depois o Iranduba. Temos que fortalecer ainda mais como ideia de jogo para nossa equipe, fortalecendo isso, para que possamos buscar a vitória e sair com três pontos – finalizou, mas não considera sua equipe favorita.

– No futebol não digo que existe favorito ou favoritismo, acho que temos de fazer nosso trabalho e depois podemos comentar algo que se passou do jogo. Nunca podemos falar o que pode se passar no jogo, temos que fazer com que as coisas aconteçam, independente do último contra o Sport, porque já foi e passou. Agora o fato é hoje, e precisamos fazer com que as coisas aconteçam com Iranduba para depois pensar em alguma coisa – alertou.

Outras postagens...

Pela Série C, Manaus sofre dois gols, busca o empate, mas no final perde para o Altos-PI

Paulo Rogério

Manaus permanece no Nordeste e se prepara no CT do Retrô-PE para jogo com Jacuipense-BA, pela Série C

Paulo Rogério

Penarol não resiste ao São Raimundo-RR e perde no Canarinho pela Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol