SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

“Já conheço boa parte dos jogadores”, revela o novo técnico do América-RN, adversário do Fast Clube-AM na estreia da Copa São Paulo

O treinador tem poucos dias no comando do Mecão para a Copinha.  

Foto: Divulgação / América FC

Apresentado na terça-feira (19), o novo técnico André Caldas, tem pouco tempo para preparar o América-RN, para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2024, mas com a esperança de realizar um bom trabalho e conseguir bons resultados na maior competição de base do futebol brasileiro. A garotada do Mecão na fase classificatória, está na sede de Salto, no grupo 17, com Fast Clube-AM, Sfera-SP e Botafogo-SP. A estreia será contra o Fast Clube, no dia 4 de janeiro, às 15h15 (de Brasília), no Estádio Amadeu Mosca, no interior de São Paulo.

De acordo com o comandante do América, apesar do curto período na frente do time, ele já vem acompanhando a trajetória na temporada. Para ele, não terá muitas dificuldades para implantar sua filosofia de trabalho, pois já tem conhecimento da características de uma boa parte do elenco.

– Já acompanhava o Sub-20 do América há algum tempo. Eu acompanhei alguns jogos na reta final do estadual, quando o América se sagrou campeão. Já conheço boa parte dos jogadores, já tinha trabalhado com alguns também. Mesmo não estando na beira do campo na Copa Recife, assisti todos os jogos e vi uma evolução boa do time com o acréscimo de alguns jogadores que vieram de fora – comentou ao SPORTS MANAUS

Com o pensamento de realizar uma boa campanha e não ser apenas um participante, André Caldas, vai buscar todas as informações possíveis de seus adversários no grupo para conhecer os detalhes de cada equipe.

LEIA MAIS:

– Falar sobre as chances de classificação fica um pouco mais complicado, a partir do momento que a gente entende que todos os clubes que estão na Copa São Paulo tem qualidade. Nosso papel agora como treinador e comissão técnica é estudar bem os adversários e tentar colher o máximo de informações possíveis sobre o Sfera, Botafogo e o Fast Clube do Amazonas – disse, mas ainda acrescentou.

– São três camisas importantes no cenário regional e brasileiro, juntamente com o América. Nossa meta agora é procurar saber com mais detalhes como cada time joga, quem são os principais jogadores e os seus sistemas de jogo. A partir daí definir nossas estratégias de jogo, levando em conta nosso modelo de jogo, mas o América vai fazer o seu melhor para buscar a classificação – concluiu André.

 

 

 

Outras postagens...

Em quarta derrota fora, Manaus sai na frente, mas perde de virada para o CSA-AL por 2 a 1 na Série C

Paulo Rogério

Com gols perdidos e bola na trave, Amazonas empata com Brusque-SC e decide o título da Série C fora de casa

Paulo Rogério

Em casa contra o 3B pelo Brasileiro Feminino A3, técnico do São Raimundo-RR afirma: “Davi contra Golias”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...