SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE SÉRIE C

“Na Série C acontece esse tipo de coisa”, alerta técnico do Ypiranga-RS sobre o horário do jogo com Manaus

Apesar da alta temperatura, comandante do Canarinho afirmou que o time está preparado para jogar em qualquer situação e sair com os três pontos

Foto: Divulgação / Ypiranga-RS

Com a terceira melhor campanha no Campeonato Brasileiro da Série C na fase classificatória, no grupo B, com 32 pontos, o Ypiranga-RS amarga dois resultados negativos no início da segunda fase, ocupando a última colocação, no grupo D. Disposto a mudar esse panorama e lutar pelo acesso à Série B ano que vem, o Canarinho encara o Manaus fora de casa, líder com quatro pontos, no domingo, 17/10, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense. 

Sabedor do período climático de temperatura elevada, o técnico Júnior Rocha, não concordou com a mudança de horário da partida, mas garantiu que a equipe está preparada para jogar em qualquer situação e sair com o primeiro resultado positivo.

– Já estive em equipes que se beneficiaram com o calor. Por exemplo, o Luverdense, muito quente na cidade de Lucas do Rio Verde. Na Série B não deixaram mais jogar a tarde, somente a noite, porque é desumano. Na Série C acontece esse tipo de coisa assim, mas isso não é algo de empecilho ou que vai nos atrapalhar. O calor é para os dois, provavelmente, vamos sentir um pouco mais, mas nós temos nossa condição física boa e estamos no ápice. Pode ter certeza, vamos fazer um jogo equilibrado do início, meio e fim – reclamou, mas concluiu SPORTS MANAUS, porém, ainda citou.

Sem ainda vencer na fase decisiva, que vai definir os times classificados para a Série B, o comandante do Canarinho afirma que o resultado final não mostra a realidade do que aconteceu em campo. Segundo ele, a equipe tem toda uma estratégia para vencer o time amazonense fora de casa .

– Na verdade essas duas derrotas, está sendo nossa primeira experiência no ano, sempre que perdemos uma partida na outra a gente revertia a situação. No futebol não se vence de qualquer maneira, não se perde de qualquer maneira, pelo contrário, as coisas tem que acontecer de forma organizada sempre, com início, meio e fim de jogo organizado como tem sido. Vamos de novo para Manaus como qualquer outro local para fazer uma partida equilibrada e fazer por merecer o resultado, seja ele negativo ou positivo, mas fazer por merecer – alertou o treinador, mas ainda frisou.

– A questão da diferença de gols dos resultados com placar mínimo, mostra o equilíbrio da competição e equilíbrio das equipes. Acho que o 5 a 0 do Manaus contra o Novorizontino, foi um resultado atípico, e não deve acontecer mais no campeonato. De vez em quando, as equipes se desequilibram mesmo na partida e acabam acontecendo esses resultados elásticos, mas é uma vez ou outra. Nós temos um padrão já definido de jogo, nossas variações, e temos que fazer um jogo inteligente lá. pelo calor normal. 

 

Outras postagens...

Pelo Brasileiro Feminino, técnica do Grêmio diz sobre jogo com Iranduba: “Conseguir o resultado positivo”

Paulo Rogério

Flamengo leva três do Athletico, é eliminado da Copa do Brasil e vê torcida xingar Renato e pedir Jesus

Paulo Rogério

No confronto de líderes, Sul América vence Cliper e fica isolado na tabela do Amazonense sub-16

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol