SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Ao iniciar os treinos para a Série B AM, dirigente do Rio Negro avisa: “Acredite, o gigante despertou”

O Galo da Praça da Saudade estreia no estadual somente na segunda rodada contra o CDC Manicoré.

Foto: Arquivo pessoal

Em busca de seu retorno à elite do futebol amazonense, o Atlético Rio Negro Clube, iniciou nesta segunda-feira (27), sua pré-temporada para disputa do Campeonato Amazonense da Série B. Os treinos serão realizados no campo do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), zona Leste da cidade. O Galo da Praça da Saudade estreia somente na segunda rodada contra o CDC Manicoré, dia 24 de julho, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Carlos Zamith, zona Leste da cidade.

Faltando pouco tempo para o primeiro jogo no estadual, o diretor de futebol do Rio Negro, Gilson Nogueira, afirmou que o elenco foi totalmente renovado, em relação ao grupo do ano passado. Para ele, o time é regional, mas bem qualificado.

– As contratações oficiais ocorrerão a partir do 1º dia de julho, mês que inicia a competição. O grupo é heterogêneo, e estaremos contando com atletas de municípios vizinhos, de outros estados, mas a maioria reside em Manaus. O manto preto e branco estará bem representado – disse ao SPORTS MANAUS, mas afirmou que a previsão é um gasto de R$ 300 mil para o Galo conquistar o acesso.

– Acreditamos que sim, e apostamos na competência de dois grandes treinadores, o técnico João Carlos Cavalo e José Ribamar. É uma competição curta, com nove clubes participantes, onde todos acreditam em suas potencialidades. E ao permanecer na escada de acesso, projetamos o roteiro, onde o Rio Negro deve reconstruir a arte do futebol, mesmo com poucos recursos, Nossa torcida será o 12º jogador e sua presença será fundamental nessa jornada. E acredite, o gigante despertou! – finalizou.

Para o dirigente, que também é Membro do Conselho Deliberativo do Galo, a expectativa é de o clube voltar a conquistar bons momentos, fazendo história com conquistas no futebol amazonense, mas acima de tudo banir os enganadores, mancharam o nome do clube.

– Quando olho para o retrovisor de nossa história, revejo momentos memoráveis, estádios lotados e o Rio Negro sempre presente no centro dos espetáculos. Um clube centenário não se ajoelha diante das más intenções e jamais permitiremos uma mancha. Em suma, o Rio Negro é maior que qualquer um de nós. Nossa torcida vibrou com a contratação do João Carlos para dirigir o time e o grande diferencial repousa na seriedade de profissionais que foram ídolos no clube, vencedores por onde passaram, e obcecados por restituir ao Rio Negro o seu verdadeiro quinhão: a elite do futebol amazonense – finalizou.

LEIA MAIS:

Confira os jogadores contratados pelo Rio Negro:

Raphinha, Baé, Dan, Alisson e Leozinho (meio campo)

Kaíque, Tico, e Fidelis (lateral)

Antony e Allan (volante)

Lucas Fabrício (atacante)

 

 

 

Outras postagens...

Presidente do Rio Negro comemora realização de feijoada e afirma: “Arrecadar fundos para o clube”

Paulo Rogério

No clássico Rio-Nal, Rio Negro e Nacional empatam no 1º jogo da semi do AM sub-18

Paulo Rogério

Com 40,7% de aproveitamento na Série C, Marcelo Martelotte é dispensado pelo Manaus

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol