SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Jogando em casa pela liderança, técnico do Rio Branco-AC alerta: “O Fast é um time de grande qualidade”

Foto: Assessoria de imprensa 

Faltando duas rodadas para finalizar a fase classificatória, o Rio Branco-AC, em terceiro lugar com 21 pontos, mas na cola do líder Fast Clube, com 22 pontos, tem na partida com o Tricolor de Aço, a chance do confronto direto pela primeira colocação, no grupo 1, do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida válida pela 13ª rodada, será neste domingo, 22/11, às 17h (18h de Brasília), na Arena Acreana, em Rio Branco.

Do Acre, Walter Zenga, desde 2016 como preparador de goleiros, mas no comando do Estrelão, a partir do jogo de ida com Bragantino-PA, sabe que precisa vencer para tirar a liderança do Rolo Compressor, mas reconhece a qualidade do adversário, no jogo de domingo.

Segundo o técnico, vai ser um bom jogo, disso não tenho dúvidas (Foto: Reprodução)

– O Fast é um time de grande qualidade, já vem demonstrando dentro da competição seus valores e sua força. Não tenho dúvida que será uma grande partida, principalmente para ambos que querem o primeiro lugar. De certo, vamos encontrar dificuldades sim, pela qualidade do Fast, assim como também eles vão encontrar. Estamos em casa, e a propositura é que a gente busque o resultado positivo para garantir a liderança. Sem dúvida, o Rio Branco vai lutar muito e brigar por essa conquista – explicou Zenga ao SPORTS MANAUS.

Mesmo diante do líder e com a possibilidade de assumir a primeira colocação em casa, o comandante do Rio Branco não considera a partida mais importante até agora, mas sim todas antes realizadas no mesmo patamar. Para ele, as outras tem sua importância, pois colocaram o time na próxima fase, além de brigar pelo topo do grupo.

– Acho que cada partida é importante, eu não vou desfazer as partidas anteriores que fizemos, principalmente das conquistas e dos pontos fora de casa. Eu não posso valorizar nesse momento essa partida com o Fast, como a mais importante. Acho que o mais importante, era alcançar o primeiro objetivo diante dos jogos que tivemos: a classificação. Com certeza, vai ser um bom jogo, disso não tenho dúvidas. É um adversário difícil, em que todos querem jogar e estamos nos preparando para esse momento – declarou, mas afirmou que vem acompanhando de perto o time amazonense.

– O empate com o Fast em Manaus, vamos dizer que foi um jogo atípico, porque fomos para proteger um ponto. De lá pra cá, analisando o Fast deu para perceber que não mudou muita coisa, mas houve algumas mudanças nos setores principais. É uma equipe muito bem montada, muito bem trabalhada e com grandes jogadores. Cada jogo que vamos jogar, nós procuramos sempre estudar o adversário bastante para ser superior, e com o time amazonense não será diferente – concluiu o treinador.

 

Outras postagens...

Com dois de Hamilton, Manaus vence Botafogo-PB por 3 a 2 e avança na tabela da Série C

Paulo Rogério

Amazonas e Nacional empatam pelo Amazonense, mas com gosto de derrota para Onça-pintada

Paulo Rogério

Em busca da vitória, capitão do São Bernardo-SP afirma sobre o Amazonas: “A gente tem tudo para fazer um grande jogo”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...