SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSESÉRIE B

Visando a estreia contra o Sport no BR feminino A2, técnico do JC avisa: “Estamos trabalhando arduamente para vencer o jogo”

Na programação, as Tigresas da Velha Serpa realizam os treinos três vezes na semana, em dois turnos.

Foto: Craviano fotografia

Com pouco mais de um mês de pré-temporada, o JC-AM intensifica sua preparação em busca de realizar uma boa partida e conquistar uma grande vitória em sua estreia no Campeonato Brasileiro feminino A2. As Tigresas da Velha Serpa jogam contra o Sport Recife, no domingo, 14/4, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Floro de Mendonça, na cidade de Itacoatiara (a 276 km da capital).

De acordo com o técnico português, Hugo Duarte, o primeiro jogo sempre tem toda uma expectativa, nervosismo, ansiedade, mas é fundamental não perder pontos em casa, para não precisar depois recuperar nos compromissos fora.

– Estamos trabalhando arduamente e seriamente para vencer o jogo. Neste caso, todos os jogos contam, onde perder pontos em um jogo implica no outro de ganhar, porque senão vai ficar atrás na tabela. Estamos cientes de que vai ser um campeonato duro, em que todas as equipes querem ganhar – comentou ao SPORTS MANAUS, mas ainda reforçou.

– Pelo fato de quatro times seguirem para a próxima fase, todos os jogos serão muito difíceis. Nós aqui pensamos em jogo a jogo. Para isso, temos que estar trabalhando, mas vamos focar no Sport e depois quando terminar esse jogo vamos pensar no Remo. Vamos trabalhar arduamente e seriamente para vencer o jogo – concluiu o comandante das Tigresas da Velha Serpa.  

LEIA MAIS:

Buscando todas as informações possíveis do time pernambucano, o treinador português, já tem dados, mas espera uma partida muito difícil, pela qualidade e tradição do Sport no cenário nacional.

– É um time que manteve a mesma treinadora, e uma equipe que manteve praticamente toda a sua estrutura, além de ter muita tradição no futebol feminino no Brasil. Acredito que venha também com o pensamento de vencer. Se costuma dizer que as equipes que jogam em casa têm um certo favoritismo, mas para isso temos que provar dentro de campo, até porque nosso adversário virá um pouco mais fatigado pela viagem, mas não vamos contar com isso – alertou Duarte.

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

“A garotada está com vontade de vencer”, disse técnico do Fast sobre jogo com Bahia pela Copa do Brasil Sub-20

Paulo Rogério

Apesar da goleada diante do CSA, técnico do Bahia prega cautela na Copa do Brasil Sub-20: “Não tem classificação garantida”

Paulo Rogério

Jogando fora de casa, Manaus empata em 1 a 1 com Ferroviário-CE pela Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...