SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Na estreia fora com JC-AM pelo BR Feminino A2, técnico do Real Ariquemes-RO alerta: “Pontuar de qualquer jeito”

As meninas do Furacão do Vale do Jamari são atuais bicampeã estadual da categoria.

Foto: Josiel Silva / Comunicação Real Ariquemes-RO

Com quase dois meses de pré-temporada, o Real Ariquemes-RO vive a expectativa da sua estreia no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A2. Ciente das dificuldades, mas prometendo driblar os obstáculos para conquistar uma das vagas dentro do grupo D, o primeiro desafio será fora de casa. As meninas do Furacão do Vale do Jamari encaram o JC, no domingo, 12/6, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Floro de Mendonça, na cidade de Itacoatiara (a 276 km de Manaus).

Campeão estadual feminino pelo Porto Velho e bi no Real Ariquemes, o jovem técnico pernambucano, Paulo Eduardo, 35 anos, no clube desde 2020, reconhece o potencial do time amazonense, mas afirmou que a meta é pontuar fora.

– Sabemos que a estreia vai ser um jogo muito difícil por conta do equilíbrio, na qualidade da equipe adversária, uma viagem desgastante, ansiedade dos dois lados e ainda tem muita coisa para ajustar, mas a ideia é ir a Itacoatiara e pontuar de qualquer jeito – salientou ao SPORTS MANAUS, mas ainda ressaltou.

O comandante do Real afirmou que a meta é pontuar fora e vencer as partidas em casa para garantir a vaga dentro do grupo (Foto: Josiel Silva / Comunicação Real Ariquemes-RO)

– A prioridade é sair sem derrota, de ter uma equipe bem equilibrada em todos os setores e ter um ponto na bagagem, onde esse ponto terá muita relevância durante a competição. O time está confiante, está bem preparado, trabalhamos bastante quase 60 dias de pré-temporada, mas agora é mostrar tudo que foi trabalhado em relação as ideias de jogo – finalizou o jovem treinador.

Além do trabalho em campo, o comandante do Real Ariquemes, também buscou todas as informações possíveis do JC para montar sua estratégia de jogo, em especial de saber o máximo das características das meninas do time amazonense.

– As informações que temos do JC é um time que tem um bom elenco, teve uma preparação longa, manteve o treinador, algumas jogadoras do ano passado, já foi campeã estadual. É uma equipe bem equilibrada, muito forte dentro de casa, que usa o fator campo e que se fortalece com isso. Nós sabemos que teremos dificuldades por terem muitas jogadoras de qualidade, que já jogaram vários campeonatos, mas temos também muitas jogadoras experientes dentro do elenco – alertou, mas acredita na classificação do grupo dentro da chave.

– Nós montamos um elenco bom, com atletas bastante experientes, onde mantivemos uma base, mas contratamos atletas pontuais, que já jogaram até a Série A1, e que já tiveram acesso. Isso vai ajudar muito na hora decisiva e essas atletas vão agregar muito. Nossa ideia, é em casa sempre tentar a vitória e quando for fora sempre buscar os pontos necessários para a classificação – completou Eduardo.

 

Outras postagens...

Sub-21 do Naça goleia Tabosão pela segunda rodada do Amazonense

Paulo Rogério

Com uma equipe jovem e regional, Rio Negro apresenta elenco para o Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Histórico! FAF tem novo presidente eleito após 32 anos

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol